As informações aqui fornecidas,são informativas e não substituem de forma alguma a consulta com um profissional.
Recomendo que antes de tomar alguma decisão sobre sua saúde voce vá ao médico.
Todas as fotos são ilustrativas,se tiver algum conteúdo ou foto de sua autoria sem os devidos créditos ,envie um e-mail para noivaenoivas@gmail.com

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Quatro meses sem shampoo! Jornalista revela como seu cabelo ficou mais bonito sem produtos industrializados

Em agosto passado decidi lavar meu cabelo sem shampoo. Por quê? Bem, ele não estava bonito como já havia sido e a ideia de ter menos derivados de petróleo no corpo não soava má. Além disso, a avalanche de lançamentos de shampoo, pré-shampoo e pós-shampoo a que assistia em primeira mão me atordoava. Eu lembrava do bom e velho Aquamarine da infância e me perguntava como havíamos chegado a essa complexidade de demanda.
Então, quando começaram a pipocar relatos de blogueiras anglo-saxãs usando apenas bicarbonato de sódio e vinagre, sem o problema de o cabelo “acostumar”, uma promessa de simplicidade se cristalizou. Depois de testar tanta coisa da indústria cosmética, provar algo da alimentícia parecia banal. Durante 45 dias, segui um passo a passo criado pela inglesa Lucy Aitken Read, PhD em absolutamente nada, mas dedicada a bolar métodos caseiros de cuidados pessoais.

A ideia de Lucy é que você precisa passar por uma transição, às vezes pegajosa, para limpar a cabeça de anos de acúmulo de produtos químicos. Aí, se tudo der certo – ela e a grande massa de blogueiras "no pooers" (como se chamam aquelas que aposentaram a dupla shampoo e condicionador) garante que dá – seu couro cabeludo toma o comando e passa a regular a oleosidade dos fios, que ficam leves, soltos e muito mais brilhantes que antes. 
O PASSO A PASSO
Para começar, o bicarbonato. Você vai para debaixo do chuveiro, molha bastante o cabelo e, ao invés do shampoo, aplica sobre a cabeça uma colher de bicarbonato de sódio diluído em um copinho d’água. Não vai fazer espuma. Depois de uns minutos, você enxágua. O pó vai embora com a água e os fios ficam com aquela textura de recém-lavados, quase ásperos.

Então vem o vinagre de maçã. Você dilui um pouquinho em água (umas duas colheres para o mesmo copo d’água) e despeja do comprimento até as pontas. Nessa hora, parece mágica, mas é só química de pH: as escamas dos fios se fecham e a mão desliza pelas madeixas como num comercial de TV. Quando o cabelo seca, o cheiro de vinagre desaparece COMO É HOJE
Quatro meses depois, continuo usando o duo bicarbonato e vinagre uma vez por semana -- antes, lavava todos os dias. De vez em quando, completo com chá preto para manter o tom escuro, pois a dupla pode ser levemente clareadora. Também abrasileirei uma receita de shampoo seco de Lucy mesclando polvilho doce, cacau em pó e umas poucas gotas de óleo essencial de lavanda. Aplico com um pincel de blush e considero, de longe, o melhor que já usei na vida: dá um volume incrível e tira toda a oleosidade da raiz sem pesar no fim do dia. Meu cabelo segue melhorando. E a promessa de simplicidade se cumpriu.por completo. É só isso.
revistamarieclaire

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...